Coronavírus: Viagens e eventos de pequeno porte estão permitidos

André de Souza e Renata Mariz

BRASÍLIA. O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson Oliveira, afirmou que não há restrições para viagens, inclusive as nacionais, por parte do governo. Ele destacou, no entanto, que os cidadãos devem avaliar antes de seguir para determinados destinos com ocorrência de coronavírus.

Oliveira ressaltou que não há orientação expressa para deixar de ir, embora seja necessário ponderar a situação local, a reuniões ou eventos de pequeno porte no país. Mesmo em cidades como São Paulo e Rio de Janeiro, que já registram transmissão sustentada do novo coronavírus, quando não é possível saber a origem da infecção.

— Se o evento está acontecendo num bairro, num hotel, numa região com maior número de casos em São Paulo, a recomendação é: não faça esse evento. Se acontecerá em outro local, com espaçamento entre as pessoas, condições de segurança, orientações, tudo bem: faça. Se for manter, o organizador do evento, da viagem, do hotel devem dispor de serviço médico, que tenham profissional de referência, um enfermeiro, que tenham máscara, para que caso, durante o evento, alguém fique ente, saiba o que fazer_ disse Oliveira, que acrescentou:

— Não temos e não iremos fazer restrições domésticas. O Brasil é um só.