CoronaVac: Doria acusa Bolsonaro de interferir na Anvisa e o chama de 'irresponsável'

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), acusou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de interferência na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) no caso da interrupção por dois dias dos testes clínicos da CoronaVac, vacina contra a Covid-19 desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com a empresa chinesa Sinovac Biotech.