Coronavírus: 3 em cada 10 mortes no Brasil são de jovens e adultos

Colaboradores Yahoo Notícias
·1 minuto de leitura
Pacientes na UTI do Hospital Emílio Ribas, em São Paulo, no dia 17 de março de 2021 (Foto: Miguel SCHINCARIOL / AFP)
Pacientes na UTI do Hospital Emílio Ribas, em São Paulo, no dia 17 de março de 2021 (Foto: Miguel SCHINCARIOL / AFP)

Em março, pior mês da pandemia de coronavírus no Brasil, o percentual de mortes de jovens e adultas abaixo de 60 anos saltou 35%, representando 3 em cada 10 vítimas fatais da Covid-19.

Segundo dados levantados pelo portal UOL com base nos números fornecidos no portal da transparência da Arpen (Associação dos Registradores de Pessoas Naturais), os óbitos entre a faixa etária até 59 anos equivaliam a 22,9% do total pela Covid-19 em 2020. Neste mês, até a última terça-feira (16), o percentual subiu para 31%.

Leia também

Os maiores aumentos em termos proporcionais ocorreram na faixa de 30 a 39 (de 2,8% das mortes em 2020 para 4,4% em março deste ano) e entre 40 e 49 anos (subiu de 6,2% para 9,2% no mesmo período).

Em São Paulo, estima-se que o número de pacientes graves até 50 anos tenha subido de 25% a 35% neste ano em relação ao ano passado.

A quantidade de óbitos entre crianças e adolescentes permanece praticamente estável e não alcança nem 1% dos casos.

No último sábado, o Brasil registrou 2.438 novas mortes por Covid-19 e 79.069 casos da doença. Com isso, o total de óbitos chegou a 292.752 e o de casos a 11.950.459, de acordo com o painel atualizado pelo Conass (Conselho Nacional dos Secretários de Saúde), sistema próprio de informações que reúne dados de contaminados e de óbitos em contagem paralela à do governo.