Coronavírus: Brasil pode ter 4,9 mil casos confirmados em dentro de 8 dias

Foto: João Alvarez/Fotoarena/Sipa USA via AP Images

Pesquisadores da PUC-Rio, Instituo D’Or da Secretaria de Estado de Saúde do estado e também da FioCruz realizaram um estudo sobre o avanço do novo coronavírus. Segundo a projeção obtida, até o dia 26 de março, o Brasil pode chegar até 4.970 casos confirmados. São Paulo e Rio de Janeiro, estados que registram o maior número de casos, teriam, respectivamente, 3.380 e 596 casos.

Segundo o Portal UOL, que publicou os detalhes do estudo, pesquisadores tomaram por bases o cenário de alguns países que já registram alto número de confirmados ao redor do mundo: Irã, Itália, Coreia do Sul, Espanha, França, China, EUA e Alemanha. Levando em conta a taxa de crescimento de cada uma dessas nações, aliado às medidas de contenção tomadas por governantes, foram traçados cenários otimista, mediano e pessimista do que pode ocorrer no Brasil.

Leia também:

Para fazer essa projeção, os pesquisadores utilizaram o cenário de alguns países como Irã, Itália, Coreia do Sul, Espanha, França, Alemanha, China e EUA. Replicando a taxa de crescimento de cada um desses países juntamente com suas medidas de contenção, foi possível projetar cenários otimista, mediano e pessimista no Brasil.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

O estudo utilizou taxas de crescimento de cada um dos países até a confirmados do 50º caso, além de como a ação de cada país e o comportamento populacional influenciou no crescimento posterior desse índice.

O Brasil atingiu 50 confirmados no último dia 12 de março. A partir desse dado, os pesquisadores traçaram uma projeção de 15 a 26 de março.

No pior cenário, o Brasil atingiria 4.970 casos daqui 8 dias. No cenário médio, seriam 3.750 e, na melhor das hipóteses, o número seria de 2.314 casos confirmados.

Dentro dos estados, São Paulo (que tinha 56 casos no último dia 13) tem o seguinte cenário: 3.380 (pessimista), 2.550 (mediano) e 1.573 (otimista).

O Rio de janeiro não alcançou os 50 casos confirmados até a realização do estudo, mas teve o dia 15 de março considerado, quando havia 24 casos no estado.

Assim, o estado teria as seguintes perspectivas: 596 (pessimista), 450 (mediana) e 278 (otimista).

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.