Coronavírus: Brasil tem 5.017 mortes e 71.886 casos confirmados, diz Ministério da Saúde

Redação Notícias
·2 minuto de leitura
A man wearing a mask sits next the coffin of his mother as he's transported by a cemetery worker in a full protection suit to her burial site at the Nossa Senhora das Gracas cemetery in Duque de Caxias, Rio de Janeiro, Brazil, Monday, April 27, 2020. The woman's body was previously being held in a refrigerator for confirmed and suspected victims of of COVID-19, according to the administration of the cemetery. (AP Photo/Silvia Izquierdo)
Brasil teve recorde com 474 novas mortes nas últimas 24 horas. (Foto: AP Photo/Silvia Izquierdo)

O Ministério da Saúde atualizou para 5.017 o número de mortes em decorrência do novo coronavírus no Brasil nesta terça-feira (28). Ao todo, também foram confirmados 71.886 casos da Covid-19 no país. A taxa de letalidade do vírus subiu para de 7%.

Foram registradas 474 novas mortes nas últimas 24 horas, um recorde desde o início da pandemia. Também foram confirmados mais 5.385 casos novos. No balanço divulgado na segunda-feira (27), o país contabilizava 4.543 mortes e 66.501 casos confirmados de pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

Leia também:

Nesta terça, o estado de São Paulo também registrou seu recorde no número de óbitos nas últimas 24 horas: 224 novas mortes por conta do novo coronavírus. Ao todo, já são 2.049 vítimas fatais em todo estado, além de 24.041 casos confirmados.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

O ministério - agora comandado por Nelson Teich -, porém, tem informado que o número real de casos tende a ser maior, já que são testados apenas os casos graves, de pacientes internados em hospitais, e há casos represados à espera de confirmação.

O Brasil confirmou o primeiro caso de Covid-19 em 26 de fevereiro. Um homem de 61 anos de São Paulo contraiu o coronavírus em viagem à Itália, que tem alta taxa de casos da doença.

A primeira morte foi confirmada 20 dias depois, em 17 de março. O paciente era um homem de 62 anos que tinha diabetes e hipertensão. Ele estava internado na UTI do Hospital Sancta Maggiore Paraíso desde o dia 14 e morreu no dia 16. Ele não tinha histórico de viagem para o exterior.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.