Coronavírus: Governo de Goiás alerta população com áudio de paciente no leito de morte

·2 minuto de leitura
Governo de Goiás divulga último áudio de paciente com coronavírus para alertar população

Com o aumento dos casos do novo coronavírus em Goiás, o governo estadual lançou uma campanha mais agressiva para alertar a população sobre os riscos de se aglomerar e proliferar o vírus causador da doença. No material, um paciente com Covid-19 envia seu último áudio para a família antes de morrer.

“Eu não tenho... Não tenho ar... Sinto muito... A falta de ar... Tô passando... Momentos difíceis... Eu conto com a ajuda aí de vocês... Com um milagre de Deus”, diz em áudio o paciente, identificado como o taxista Sandro Adrésio, de 51 anos.

Leia também

Na campanha, o governo de Goiás ressalta que o áudio do homem é real e que foi a última mensagem dele antes de morrer por coronavírus. A campanha termina com a mensagem: “Ou você escuta que a Covid-19 mata ou quem vai escutar é a sua família. Evite aglomerações, use máscara e álcool em gel”.

A taxa de ocupação de leitos de UTI no estado está acima de 90%. Segundo o jornal Folha de S.Paulo, a gestão do governador Ronaldo Caiado (DEM) diz que a ideia é sensibilizar as pessoas.

“A guerra contra a Covid-19 tem a cada dia perdido uma batalha para o hedonismo, para os discursos simplistas e ignorantes. Leitos estão se esgotando à medida que também esgota a força e a saúde dos profissionais de saúde”, afirmou Ismael Alexandrino, secretário de Saúde de Goiás.

“Urge termos um mínimo de empatia pelo próximo e respeito pelas centenas de milhares de vidas que foram ceifadas pela Covid-19. Os milhares de leitos abertos serão insuficientes diante de tamanha ignorância humana”, completa.

De acordo com o portal G1, dez hospitais da rede goiana de saúde registraram ocupação máxima em seus leitos de UTI na última sexta-feira (26).

O estado registrou pelo terceiro dia consecutivo mais de 3 mil novos infectados por Covid-19. Foram 3.395 infectados na sexta, 3.090 na quinta e 3.333 na quarta.

O vírus já infectou 394.591 pessoas em Goiás desde o início da pandemia. Ao todo, 8.479 pessoas morreram por complicações do vírus. Apenas nas últimas 24 horas, foram 27 óbitos confirmados.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos