Coronavírus: 9 estados e DF apresentam aumento na média de mortos

·2 min de leitura
Foto: ORLANDO SIERRA/AFP via Getty Images
Foto: ORLANDO SIERRA/AFP via Getty Images

Apesar de o Brasil ter registrado 770 mortes por Covid-19 nesta segunda-feira, a média móvel de mortes na última semana aponta que o país perdeu 1.052 vidas por dia. A média móvel é a maior desde o início da pandemia do novo coronavírus.

O levantamento feito pelo O Globo mostra que dez estados mais o Distrito Federal apresentaram crescimento no número de mortes se comparado com a semana anterior. O país tem, também, outros 11 estados que demonstram estabilidade e cinco estão em queda, dentre eles o Rio.

Leia também:

O país atingiu um platô no número de óbitos, porém se mantêm elevado. No entanto, estados como Rio de Janeiro e Pará, que já foram considerados epicentros da doença, estão em tendência de queda. São Paulo, que é o estado com mais casos e mortes, está estável. Estados como Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul e também o DF estão com tendência de crescimento no número de mortes.

A "média móvel de 7 dias" faz uma média do número de mortes entre o dia e os seis anteriores. Ela é comparada com média de 14 dias para indicar se há tendência de alta, estabilidade ou queda. O cálculo é um recurso estatístico para conseguir enxergar a tendência dos dados abafando o "ruído" causado pelos finais de semana, quando a notificação de mortes se reduz por escassez de funcionários em plantão.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Os números usados no painel são os compilados pelo consórcio de veículos de imprensa que monitoram as estatísticas da Covid-19 no Brasil, formado por O Globo Extra, G1, Folha de S.Paulo, UOL e O Estado de São Paulo.

Os estados em tendência de alta são: DF, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, Sergipe e Tocantins.

Estão estáveis: Amazonas, Roraima, Mato Grosso, Maranhão, Piauí, Ceará, Pernambuco, Bahia, Espírito Santo e São Paulo.

Já os em queda são: Amapá, Pará, Acre, Rio Grande do Norte e Rio de Janeiro.

***Do Globo

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook e Twitter e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos