Coronavírus: OMS registra novo recorde de casos em 24 horas

·2 min de leitura
Profissional de saúde realiza teste para coronavírus na Índia (Foto: Sunil Ghosh/Hindustan Times via Getty Images)
Profissional de saúde realiza teste para coronavírus na Índia (Foto: Sunil Ghosh/Hindustan Times via Getty Images)

A OMS (Organização Mundial da Saúde) registrou um novo recorde de casos de coronavírus nas últimas 24 horas: 237.743 novas notificações, ultrapassando os 230.370 pacientes contabilizados em 12 de julho. A pandemia já matou mais de 590 mil pessoas em quase sete meses.

Segundo a entidade, os maiores aumentos no número de contaminações foram registrados nos Estados Unidos, Brasil, África do Sul e Índia, que tornou-se o 3º país a registrar mais de 1 milhão de casos de contaminação.

As infecções globais pelo novo coronavírus passaram de 14 milhões na última sexta-feira (17). Uma contagem da agência de notícia de notícias Reuters apontou que, pela primeira vez, houve um aumento de 1 milhão de casos em cerca de 100 horas.

Leia também

Desde a primeira contaminação, relatado na China em dezembro de 2019, a epidemia demorou cerca de três meses para atingir 1 milhão de infectados. Nesta semana, foram necessários apenas quatro dias para subir de 13 milhões, na última segunda, para 14 milhões de casos na sexta.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Os Estados Unidos, com mais de 3,6 milhões de casos confirmados, registraram um recorde global diário de mais de 77 mil novas infecções na quinta. Apesar do aumento, o presidente Donald Trump e seus seguidores têm resistido ao uso da máscara e defendem o retorno à atividade econômica e a reabertura de escolas.

O Ministério da Saúde contabilizou 2.046.328 casos de coronavírus no Brasil e 77.851 mortes. Nas últimas 24 horas, foram registrados 34.177 novos pacientes e 1.163 óbitos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos