Coronavírus: Pergunta sobre falta de máscaras em coletiva 'silencia' ministros

Ministros presentes na coletiva não souberam responder o motivo de não usarem máscaras. (Foto: Isac Nóbrega/PR)

A ausência de máscaras de proteção durante a coletiva ministerial para anúncio do auxílio de R$ 85 bilhões a estados e municípios, realizada nesta segunda-feira (23), gerou um momento de constrangimento e virou alvo de chacota na web.

Os cinco ministros presentes não souberam responder ao serem questionados do porquê de estarem sem as máscaras de proteção, sendo que as últimas coletivas foram realizadas utilizando o EPI para minimizar a disseminação do novo coronavírus.

Leia também

“Aproveitar para perguntar também se vocês foram orientados porque não usar máscaras hoje se usaram da última vez. O que é que mudou nesse protocolo?”, perguntou o jornalista Gustavo Maia, do jornal O Globo.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Os ministros se entreolharam e conversaram baixo entre si, mas nenhum deles se prontificou a explicar a ausência das máscaras. O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, ‘deu de ombros’ e chegou a sussurrar “não sei”.

Além de Onyx, também estavam presentes Tarcísio Gomes de Freitas (Infraestrutura), Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia), o almirante Cláudio Portugal de Viveiros (representando o Ministério da Defesa), e Waldery Rodrigues (Secretário Especial da Fazenda).

A essa altura, o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, já haviam deixado o local da coletiva.

O momento de total silêncio foi quebrado somente pela assessoria de imprensa da Presidência, mas não passou despercebido na internet e virou alvo de piadas.