Coronavírus: Recuperada da covid-19, Pink doa US$ 1 milhão para combate à doença

Redação Vida e Estilo
·3 minuto de leitura
Pink e o filho, Jameson, contraíram o coronavírus. Foto: reprodução/Instagram/pink
Pink e o filho, Jameson, contraíram o coronavírus. Foto: reprodução/Instagram/pink

A cantora Pink e seu filho, Jameson, de 3 anos, entraram para a lista de pessoas infectadas pelo novo coronavírus. A artista americana usou as redes sociais para anunciar que ambos já estão recuperados e criticar a gestão de Donald Trump pela falta de testes para mais pessoas. Além disso, ela anunciou doações no total de um milhão de dólares (cerca de R$ 5,3 milhões) para o combate à covid-19.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

“Há duas semanas, meu filho de 3 anos, Jameson, e eu estávamos apresentando sintomas de covid-19. Felizmente, nosso médico teve acesso a testes e meu teste deu positivo. Minha família já estava isolada em casa e continuamos assim nas últimas duas semanas, seguindo as instruções do nosso médico. Apenas alguns dias atrás, fomos testados novamente e agora o resultado deu negativo”, comunicou Pink, em uma publicação no Instagram, na noite da última sexta-feira (3).

Leia também:

Em seguida, a cantora defendeu que os recursos de diagnóstico da doença sejam disponíveis para todos. “É um fracasso absoluto nosso governo não tornar os testes mais acessíveis e abrangentes. Essa doença é grave e real. As pessoas precisam saber que a doença afeta os jovens e idosos, saudáveis ​​e doentes, ricos e pobres, e devemos tornar os testes gratuitos e mais acessíveis para proteger nossos filhos, famílias, amigos e comunidades”, afirmou.

Pink decidiu, então, apoiar os profissionais de saúde. Com uma doação, de 500 mil dólares para o Fundo de Emergência do Temple University Hospital, na Filadélfia, ela homenageou a mãe, Judy Moore, que trabalhou lá por 18 anos. “Além disso, estou doando 500 mil dólares para o Fundo de Crise de Emergência da covid-19 do prefeito da cidade de Los Angeles”, revelou.

A cantora encerrou seu texto com um agradecimento às equipes que atendem as vítimas da covid-19 e todos os envolvidos. “Obrigada a todos os nossos profissionais de saúde e a todos no mundo que estão trabalhando tão duro para proteger nossos entes queridos. Vocês são nossos heróis! As próximas duas semanas são cruciais: por favor, fiquem em casa”, pediu a artista, que também é mãe de Willow, de 8 anos.

A atitude da artista ganhou a aprovação de celebridades como as atrizes Kate Hudson e Kristen Bell. “Você é maravilhosa. Obrigada. Estou feliz que você esteja se recuperando e em isolamento com a sua família”, comentou a intérprete Selma Blair.