Coronavírus: governo de SP confirma 5ª morte por Covid-19

5ª morte foi confirmada inicialmente pela operadora de saúde e posteriormente atestada pelo governo de SP. (Foto: Prevent Senior/Divulgação)

A Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo confirmou, nesta quinta-feira (19), a 5ª morte por coronavírus no estado. Com essa confirmação, o Brasil registra sete mortes em decorrência da Covid-19, sendo cinco em São Paulo e duas no Rio.

E nos siga no Google News:

Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

A 5ª vítima de São Paulo é um homem de 77 anos, com comorbidade - que o incluía no grupo de risco da doença -, e que residia na cidade de São Paulo. O óbito já havia sido noticiado anteriormente pela operadora de saúde Prevent Senior, onde estava internada a vítima.

Leia também:

O primeiro óbito foi registrado nesta terça-feira, também na rede Prevent Senior. Trata-se de um porteiro, de 62 anos, que também tinha comorbidades. Quatro de seus familiares estavam internados, mas ainda não haviam sido submetidos a exames para confirmar diagnóstico da doença.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Segundo informações da Prevent Senior, há 123 pacientes internados sob protocolo do coronavírus. Do total, 33 estão em UTI, sendo 12 já com testes positivos para Covid-19 e outros 21 ainda aguardam resultados de exames.

Outros 90 estão acomodados em apartamentos: 16 são positivos para coronavírus e outros 74 aguardam resultado do exame.

Entre os pacientes internados com confirmação de coronavírus, segundo a operadora de saúde, oito são colaboradores da empresa.

A operadora de saúde Prevent Senior, voltada para o público idoso, é uma das que concentra atendimentos da doença. Em vídeo, o CEO da Prevent Senior, Fernando Parrilla, reafirma a necessidade de cuidados para frear a propagação do vírus e alerta que o sistema de saúde do país pode "não aguentar", já que, em suas palavras, "não se trata de uma gripe qualquer".

A operadora tem 36 pacientes com exames positivo para coronavírus.