Corpo de Bombeiros faz operação para fiscalizar mais de 100 ferros-velhos da capital e da Baixada

Dezenas de agentes do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro deflagraram na manhã desta sexta-feira (15) uma megaoperação para fiscalizar 110 ferros-velhos. Serão visitados 76 estabelecimentos na capital fluminense e 34 em municípios da Baixada Fluminense. O objetivo é conferir se os locais estão cumprindo as normas e exigências previstas no Código de Segurança Contra Incêndio e Pânico e se estão com os alvarás de funcionamento em dia.

Segundo a corporação, 17 equipes da capital e sete da Baixada, juntamente com o Grupamento de Operações com Produtos Perigosos (GOPP), irão fiscalizar toda a documentação exigida pelos órgãos estaduais. Os agentes contam com o apoio das Polícias Militar, Civil e DETRAN.

— Só no primeiro semestre de 2022 contabilizamos cerca de 340 incêndios em ferros-velhos. Em 2021 foram cerca de 460. Um aumento expressivo que nos leva a iniciativas estratégicas e integradas como esta operação — disse o secretário da Defesa Civil e comandante geral do Corpo de Bombeiros do Rio, coronel Leandro Monteiro.

Nos últimos meses, a Prefeitura do Rio e a Polícia Civil já haviam fechado diversos ferros-velhos irregulares na capital fluminense e na Baixada. As ações passaram a ser intensificadas após o crescimento de furtos e receptação de itens, como cabos e fios de concessionárias de serviços públicos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos