Corpo de coronel do Exército é roubado de cemitério em Minas Gerais

Corpo de coronel do Exército foi furtado de cemitério - Foto: Getty Images
Corpo de coronel do Exército foi furtado de cemitério - Foto: Getty Images
  • Corpo de coronel aposentado do Exército foi roubado em cemitério de Minas Gerais

  • Furto foi percebido pela família após funcionários notarem que o jazigo estava revirado

  • A Polícia Militar foi acionada e está investigando o caso

O corpo de um coronel do Exército foi furtado por criminosos no Cemitério Municipal de Pouso Alegre na última terça-feira (21). As informações foram divulgadas pelo jornal Estado de Minas.

Os restos mortais de José Delfino da Costa estavam sepultados no jazigo da família na cidade do Sul de Minas Gerais.

Nas primeiras horas de quarta (22), funcionários do cemitério notaram que o túmulo estava revirado e acionaram a Polícia Militar, além dos familiares de Delfino da Costa.

Os parentes foram ao local e, ao conferirem os corpos no jazigo, perceberam que os restos mortais do coronel aposentado haviam sido levados.

“Um susto imenso. Um absurdo. Levaram o corpo, deixaram as roupas jogadas ali. E os outros ossos que estavam juntos (seriam de outros parentes enterrados no local). Mas levaram tudo”, relatou a neta, Renata Delfino Brianezi, ao Portal Terra do Mandu.

Vítima morreu em 2020

José Delfino da Costa tinha 87 anos quando faleceu em junho de 2020. Sem informações sobre o paradeiro do corpo, a família pede ajuda para localizar os responsáveis pelo furto.

“Estamos muito indignados com a situação. Ele era uma pessoa boa, pessoa de caráter. Agora, quem veio fazer isso aqui é uma pessoa que não pensa em Deus, não pensa em nada. Não tem Deus no coração, não tem nada”, disse o genro, Ricardo Silvério.

A ocorrência foi registrada pela Polícia Militar, que investiga o caso. A suspeita é de que os criminosos tenham pulado o muro para cometer o furto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos