Corpo de marido estava em freezer com refrigerantes dados à equipe de busca

Paraná: Mulher mata marido e esconde corpo no freezer - Foto: Reprodução
Paraná: Mulher mata marido e esconde corpo no freezer - Foto: Reprodução
  • Homem encontrado morto dentro de freezer já estava lá quando bombeiros fizeram buscas pela casa

  • Esposa é suspeita do crime. Defesa da mulher alega que ela sofria violência doméstica

  • A Polícia Civil aponta que a suspeita agiu sozinha por motivação ainda desconhecida

O corpo do homem encontrado morto dentro de um freezer já estava no recipiente quando os bombeiros fizeram a primeira busca na propriedade dele, em Lacerdópolis, Santa Catarina.

Valdemir Hoeckler, de 52 anos, desapareceu no último dia 15 e foi encontrado morto dentro de um freezer, na noite do sábado (19), na residência em que vivia com a esposa, Claudia Tavares Hoeckler. A mulher registrou o sumiço na polícia, mas foi presa nesta segunda (21), e é investigada por homicídio e ocultação de cadáver.

A defesa dela alega que o crime teria sido motivado por supostos episódios de violência doméstica e que Claudia teria matado para preservar a própria vida. A pedagoga de 40 anos confessou o crime e disse que está se sentindo ‘mais livre do que nunca’.

Antes de encontrar o cadáver, bombeiros haviam feito buscas pelo homem na casa e chegaram a almoçar na residência do casal. Um vizinho também estava presente e chegou a pegar um refrigerante do freezer, sem notar a presença do corpo de Valdemir.

Contudo, o homem teria relatado à Polícia Civil que, dias antes do crime, o eletrodoméstico estava vazio.

Três dias após comunicar o desaparecimento do marido, Cláudia foi à delegacia e prestou depoimento. Segundo o delegado Gilmar Antônio Bonamigo, ela ainda não era considerada suspeita. Todavia, os policiais notaram ferimentos espalhados pelo corpo da mulher, que sinalizavam uma possível luta corporal.

Ainda de acordo com Bonamigo, ela respondia as perguntas de forma tranquila, mas era vaga em algumas questões. Ela concordou em fazer exame de corpo de delito e liberar a casa para realização de perícia. Entretanto, após deixar a delegacia, Claudia não foi mais localizada.

"Diante de todas as suspeitas, após a fuga dela, tomou-se a decisão de entrar em casa e o corpo foi encontrado. Dessa forma, é suspeita de homicídio e ocultação de cadáver", disse o delegado. As informações são do Portal G1.

De acordo com a Polícia Civil, a mulher teria agido sozinha e a motivação do crime ainda é investigada. A corporação diz não ter informações sobre as alegações de violência doméstica.