Corpo do general do Irã morto pelos EUA foi identificado por anel

General só foi reconhecido devido ao anel que carregava na mão esquerda. (Foto: Reprodução)

O corpo do general iraniano Qasem Soleimanimorto em um ataque aéreo dos Estados Unidos, só foi identificado graças a um anel que usava na mão esquerda. Autoridades iraquianas ouvidas pelo "Daily Mirror" relataram que o cadáver estava tão mutilado que a identificação só foi possível pela presença do ornamento: com uma grande pedra avermelhada.

Soleimani era considerado o segundo homem mais forte do Irã e a caravana onde estava foi atingida por um míssil disparado por um drone dos EUA, na madrugada de sexta-feira (3), em um aeroporto de Bagdá, no Iraque. O ataque foi ordenado pelo presidente Donald Trump, conforme confirmou a Casa Brava.

Leia também

O líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, prometeu uma severa vingança.

Neste sábado, milhares de iraquianos acompanharam o funeral do general iraniano Além dele, foram velados outros oito corpos, entre eles o chefe paramilitar iraquiano Abu Mahdi al-Muhandis, morto na mesma ofensiva.

Milhares de pessoas entoavam cantos de "morte à América" enquanto andavam pelas ruas da capital do Iraque. O cortejo deixou um distrito xiita de Bagdá e rumou em direção à Zona Verde, área com prédios e embaixadas do governo e onde a cerimônia oficial será realizada.

O público começou a se reunir desde as primeiras horas da manhã, agitando bandeiras iraquianas e das Forças de Mobilização Popular. (Foto: AP Photo/Nasser Nasser)

Ainda segundo informações de agências, compareceram ao cortejo o primeiro-ministro do Iraque Adel Abdul Mahdi, Hadi Al Ameri, chefe das forças pró-Irã no parlamento iraquiano além do ex-primeiro-ministro Nuri Al Maliki..

O público começou a se reunir desde as primeiras horas da manhã, agitando bandeiras iraquianas e das Forças de Mobilização Popular (FMP), coalizão de milícias xiitas iraquianas pró-Irã, gritando "morte aos EUA". No domingo, o corpo será levado para Teerã, capital do Irã, para o funeral.