Corpo de Dom Phillips identificado

As autoridades brasileiras confirmaram que os restos mortais encontrados na Amazónia pertencem a Dom Phillips, jornalista que se encontrava desaparecido desde o dia 5 de junho. Por identificar está ainda o segundo corpo, tudo indica que pertença ao ativista Bruno Araújo Pereira, que acompanhava o inglês.

A Polícia Federal disse ainda que as investigações em curso apontavam a que não houvesse nenhum mandante nem nenhuma organização criminosa envolvida no crime.

Para já estão detidas duas pessoas, os irmãos Amarildo e Oseney da Costa Oliveira, que já confessaram o envolvimento no assassinato. Desconhecem-se os motivos, a polícia tenta apurar se há alguma relação com a pesca ilegal e o tráfico de drogas.

A região é ainda fértil em conflitos relacionados com o desmatamento e a exploração mineira.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos