Corpo de Erasmo Carlos é velado no Rio em cerimônia restrita para família e amigos

O velório do cantor e compositor Erasmo Carlos aconteceu nesta quarta-feira, dia 23, no Cemitério Memorial do Carmo, no Caju, na Zona Portuária do Rio de Janeiro, somente para família e amigos próximos ao artista. Na porta, seguranças controlavam a entrada no local para pessoas autorizadas.

Além da mulher de Erasmo, Fernanda Esteves, que foi consolada por amigos e por Léo Esteves, filho do cantor que mora no Canadá, amigos como Roberto Carlos, Marisa Monte e Rosemary estiveram presentes no velório do artista.

Com o velório restrito a amigos íntimos e familiares, Fernanda fez um convite aos fãs para prestarem uma última homenagem. No perfil, a viúva do cantor sugeriu um brinde com a bebida favorita do Tremendão, igualzinho ele costumava beber em suas tardes.

"Queria que todos enchessem um copo com mate e bastante gelo, tem que ser de vidro, e fizessem um brinde a ele às 18h", escreveu Fernanda.

Mais cedo, a viúva fez um desabafo emocionante nas redes sociais para falar da dor pela morte de Erasmo e lamentou "seguir sozinha":

"Vivi, você me lendo, amor? Você consegue me ouvir? Vido, está doendo tanto! Você nunca reprimiu as minhas dores, sempre disse que eu poderia chorar, sofrer... Eu não entendia, achava que você não estava se importando, mas notei que você estava me permitindo crescer .Estava ali garantindo a minha segurança para que eu rompesse a casca do ovo sozinha, mas preparado para intervir caso eu me machucasse", escreveu.

Erasmo Carlos estava internado no Hospital Barra D'or, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, desde o dia 2 de novembro e Fernanda acompanhou os passos do artista.

"Eu vi você se esvaindo por entre meus braços, e eu vi você com sede de viver, com sede de viver comigo. Você vivia por mim. Foram 12 anos de encontro. Sempre te amei com pressa, com desespero, com dor, com sangue, com lágrimas, meu amor é feroz. Preparei a casa para você voltar. Lavei as roupas, lavei as roupas de cama, e com isso perdei seu cheirinho. Amor, logo o cheirinho. Logo eu que não posso viver sem seu cheirinho! Eu me desesperei procurando onde eu poderia encontrar seu hálito, seu suor, o cheiro dos seus cabelos. Vido, você esperou por mim 69 anos. Espera mais um pouquinho, a gente vai se encontrar", escreveu nas redes.