Corpo de jornalista francês morto na Ucrânia foi repatriado

O corpo do jornalista Frédéric Leclerc-Imhoff, morto na Ucrânia, foi repatriado para França, onde foi recebido pela família e pela ministra da Cultura, Rima Abdul Malak.

O repórter francês perdeu a vida no passado dia 30 de maio durante o ataque a um veículo blindado de evacuação de civis, na região de Lugansk.

O incidente está a ser investigado como crime de guerra.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos