Corpo no freezer: como mulher que matou marido fez de tudo para ocultar cadáver

Paraná: Mulher mata marido e esconde corpo no freezer - Foto: Reprodução
Mulher matou marido e escondeu corpo no freezer - Foto: Reprodução
  • Mulher que matou o marido dormiu ao lado do freezer onde escondeu o corpo

  • Comportamento da suspeita chamou atenção durante as vigílias quando ele ainda estava desaparecido

  • Pedagoga agiu sozinha e conseguiu esconder o corpo do companheiro no eletrodoméstico

Assassina confessa do próprio marido em Lacerdópolis, Santa Catarina, a pedagoga Claudia Tavares Hoeckler, de 40 anos, chegou a dormir ao lado do freezer em que escondeu o corpo da vítima.

Segundo relatos de vizinhos e amigos à polícia, a criminosa chamou a atenção pelo cuidado excessivo com o eletrodoméstico, onde estava o cadáver de Valdemir Hoeckler.

Entenda o caso:

Quando o rapaz ainda era dado como desaparecido e vigílias haviam sido organizadas, com pessoas em sua residência, Claudia fazia questão de dormir sempre na sala, com visão para o freezer.

"Ela dormia ao lado do freezer, na sala, tinha visão no freezer. Uma vizinha ajudou na alimentação das equipes [que fizeram buscas pela vítima, até então, desaparecida] e a suspeita cuidava para que ela não fosse até o freezer. Se precisasse de alguma coisa no freezer, a suspeita buscava", disse o delegado responsável pelo caso, Gilmar Bonamigo, ao UOL.

Suspeita agiu sozinha

A suspeita é de que Claudia tenha agido sozinha. Ela teria asfixiado o marido em um processo que durou cerca de duas horas.

"Ela também teve muita dificuldade em ajeitá-lo dentro do freezer, porque ele pesava em torno de 100 quilos, mas ela é uma mulher que trabalhou na roça e lida com gado de leite, então ela tem força suficiente para isso", contou Bonamigo.