Bombardeio contra hospital e outras zonas da Síria deixa pelo menos 7 mortos

Cairo, 25 abr (EFE).- Pelo menos sete pessoas morreram nesta terça-feira, após um bombardeio contra um hospital e outras áreas da localidade de Kafr Tejarim, na província de Idlib, no noroeste da Síria, segundo informações do Observatório Sírio de Direitos Humanos.

A ONG disse que entre os mortos há pelo menos dois militares e um casal.

O hospital foi alvo de bombardeios de aviões não identificados, que causaram danos significativos, segundo a ONG.

Além do hospital, foram atacados uma praça próxima e a região de Tel Duila, afirmou o Observatório.

A maior parte desta província é controlada por rebeldes e facções islâmicas, incluindo entre a Frente da Conquista do Levante, ex-filial da Al Qaeda.

Os bombardeios em hospitais são frequentes no território sírio.

No último final de semana, o Observatório denunciou um ataque a um improvisado centro médico, localizado no interior de uma caverna em Abdín, também em Idlib. EFE