Corpos de família de Petrópolis foram encontrados com ajuda de gato

Buscas por desaparecidos segue em Petrópolis. Foto: Fabio Teixeira/Anadolu Agency via Getty Images.
Buscas por desaparecidos segue em Petrópolis. Foto: Fabio Teixeira/Anadolu Agency via Getty Images.
  • Mãe, pai e filho morreram em desabamento

  • Filha adolescente está internada em estado grave

  • Família vivia no bairro de Barão das Águas Claras, em Petrópolis

A família da empresária Fabiana Borsari, de 40 anos, está entre as vítimas da destruição causada pelas chuvas em Petrópolis, na Região Serrana do Rio de Janeiro. Seu corpo segue desaparecido, só foram encontrados os de seu marido, Gustavo Coutinho, 47, e de seu filho Bernardo Coutinho, 11. Sua filha, Gabriela Coutinho, de 15 anos, ficou gravemente ferida e segue internada na UTI do Hospital SMH, no Valparaíso.

As buscas pela família no bairro Barão das Águas Claras começou na quarta-feira (16). Segundo a prima de Fabiana, Gisele de Melo Oliveira, um dos corpos foi encontrado pelos bombeiros com a ajuda do gato da família.

Gabriela estava com parte da cabeça para fora da terra e conseguiu gritar por socorro. Ela foi levada ao hospital com perfurações em todo o corpo, incluindo pulmões, segundo Gisele.

Os trabalhos de buscas duraram horas e foram acompanhados por parentes das vítimas. Em determinado momento, o gato da família que caminhava pela área parou e farejou um determinado ponto.

Ao explorar a área indicada pelo animal, os bombeiros encontraram o corpo de Gustavo, que já havia falecido. Em seguida, os bombeiros encontraram o corpo de Bernardo, também sem vida. Pai e filho foram enterrados nesta quinta-feira (17).

Agora, parentes esperam pela localização do corpo de Fabiana, que segue desaparecido. Desde que foram encontrados os outros membros da família, os agentes não voltaram ao local para seguir com as buscas.

Nesta sexta-feira, o número de mortos na tragédia de Petrópolis chegou a 122. As Forças Armadas foram acionadas para ajudar nas buscas e na reconstrução da cidade.