Corpos de meninos mortos a facadas pela mãe estão no IML de Teresópolis

·1 min de leitura

Os corpos das duas crianças mortas pela mãe na tarde desta segunda-feira, em Guapimirim, na Baixada Fluminense, ainda estão no Instituto Médico-Legal (IML) de Teresópolis, na Região Serrana, após autópsia. De acordo com a Polícia Civil, Stephany Ferreira Peixoto, de 36 anos, matou os filhos Bruno, de 6 anos, e Arthur, de 3, a golpes de faca. Coube ao pai das crianças fazer o reconhecimento dos corpos na manhã desta terça-feira. Muito abalado, ele limitou-se a dizer: “não tenho forças”. Ainda não há informações sobre o velório e o sepultamento dos irmãos.

De acordo com a Polícia Civil, após a morte dos filhos, Stephany tentou se matar, no bairro Paiol. A mulher foi encaminhada ao Hospital Municipal José Rabello de Mello, onde está sob custódia. Uma faca foi apreendida. Nas redes sociais, ela costumava fazer publicações carinhosas ao lado dos filhos. A última foi há menos de uma semana.

Segundo o delegado Antônio Silvino Teixeira, titular da 67ª DP (Guapimirim), Stephany está presa sob escolta policial e será indiciada por homicídio duplamente qualificado. A Civil quer saber o que motivou o duplo assassinato.

— O crime aconteceu por volta de 13h30. Ela matou os filhos a facadas e, logo em seguida, tentou se matar. Ainda estamos tentando entender o que motivou esse crime. Ela foi levada para o Hospital José Rabelo Melo, com os pulsos cortados, e seu estado de saúde é estável. Nos próximos dias, vamos ouvir testemunhas e também a autora — disse o delegado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos