Correção

O percentual de imunização da primeira dose é de cerca de 60%, e não 80%, como constava na versão anterior da reportagem sobre a simulação do Banco Central. O número anterior havia sido mencionado pelo presidente do Banco Central e corrigido posteriormente pela assessoria da autarquia. O texto foi corrigido, e uma versão atualizada foi enviada.