Correção

A deputada federal Tabata Amaral não se desfiliou do PDT em 2019, como afirmou versão anterior de reportagem sobre sua ida para o PSB. Ela entrou na Justiça naquele ano com um pedido de desfiliação por justa causa, cuja decisão favorável foi tomada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) em maio de 2021.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos