Correios do Japão fará a maior entrada na Bolsa do mundo em 2015

Operador na Bolsa de Tóquio

A entrada na Bolsa na próxima quarta-feira do serviço dos Correios do Japão, terá um valor inicial de 10 bilhões de euros e será a maior do mundo em 2015.

O Japan Post Holdings e suas duas filiais financeiras (Japan Post Bank e Japan Post Insurance) só abrirá na Bolsa 10% de seu capital, um percentual pequeno para evitar perturbar o mercado. A filial postal Japan Post não está incluída até o momento na operação.

"Prevê-se um aumento progressivo de até 50% para as filiais financeiras", indica o grupo em seu plano de metas 2015-2017. A soma total das ações que serão negociadas na bolsa é de aproximadamente 1,4 trilhão de ienes (10,4 bilhão de euros, 11,4 bilhões de dólares).

O governo japonês possui atualmente 100% da Japan Post Holdings, um grupo às vezes chamado de "o maior banco do mundo" porque administra cerca de 200 trilhões de ienes em depósitos (1,5 trilhão de euros ou 1,65 trilhão de dólares).

A venda de ações chega dez anos após a votação de sua privatização, no governo de direita de Junichiro Koizumi (2001-2006).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos