Correios lançam "entrega no vizinho" para permitir recebimento de encomendas em endereço alternativo

Pollyanna Brêtas
A ferramenta está disponível para Sedex e Pax

Se você nunca para em casa mas precisa receber encomendas, um vizinho pode resolver seus problemas. Os Correios lançaram a funcionalidade "Entrega no Vizinho". A novidade permite ao remetente indicar um endereço alternativo, próximo ao do destinatário, para a entrega de produtos.

A opção, que não tem nenhum custo adicional e está disponível para todo o país, facilitará a entrega de objetos, mesmo no caso da ausência do destinatário no endereço principal. A funcionalidade poderá ser usada exclusivamente nas remessas SEDEX e PAC, não altera o prazo da entrega e é registrada no sistema de rastreamento. 

Como funciona

O remetente deve declarar na etiqueta de endereçamento que a "Entrega no Vizinho" está autorizada e indicar o domicílio alternativo autorizado a receber o pacote, informando ao atendente no momento da postagem.

O endereço indicado pode ser uma das duas casas à direita, à esquerda ou à frente do endereço principal.

Em prédios, qualquer apartamento pode ser indicado para recebimento. Caso o destinatário esteja ausente, o carteiro tentará entregar a encomenda no endereço vizinho indicado.

Para a utilização dessa funcionalidade, não são aceitas etiquetas de endereçamento diferentes dos modelos disponibilizados pelos Correios, conforme orientações do Guia de Endereçamento de Encomendas. 

Previsão da entrega

Além disso, agora os clientes também serão informados sobre a data prevista para entrega da encomenda. A funcionalidade está disponível no site dos Correios para encomendas nacionais e remessas postais (econômicas e expressas). Em breve estará acessível no APP Correios, e abrangerá as postagens internacionais e demais serviços rastreáveis.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o WhatsApp do Extra (21 99644 1263)