Corrida para liderar Reino Unido esquenta, liderança de ex-ministro das Finanças diminui

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Penny Mordaunt, ministra de Comércio
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Elizabeth Piper e Alistair Smout e Kylie MacLellan

LONDRES (Reuters) - O ex-ministro das Finanças britânico Rishi Sunak manteve sua liderança nesta terça-feira entre os parlamentares conservadores na corrida para substituir Boris Johnson como primeiro-ministro, mas as duas rivais restantes estavam diminuindo a diferença, deixando a disputa aberta.

Em uma votação entre membros do Partido Conservador no Parlamento, Kemi Badenoch, ex-ministra da Igualdade, foi eliminada, deixando Sunak, a secretária de Relações Exteriores Liz Truss e Penny Mordaunt, ministra de Comércio, como os candidatos restantes.

Os parlamentares eliminarão mais um antes que os 200.000 membros do partido governista escolham seu novo líder, que se tornará automaticamente primeiro-ministro.

Ao contrário de 2019, quando Johnson era um claro favorito na disputa, o resultado é mais difícil de prever. Pesquisas de membros do partido sugerem que Sunak perderia para quem for escolhida para enfrentá-lo.

Desde que Johnson disse que renunciaria no início deste mês depois que seu governo repleto de escândalos perdeu apoio de muitos conservadores, a corrida para substituí-lo se tornou cada vez mais intensa, com os candidatos trocando farpas.

Mordaunt ficou em segundo lugar e agradeceu aos colegas pelo apoio.

"Estamos quase na linha de chegada. Estou ansiosa e animada para apresentar minha proposta aos membros de todo o país e vencer", disse ela em um comunicado.

Sunak, Truss e Mordaunt apresentaram propostas de políticas para tentar dar impulso às suas campanhas, buscando afastar o foco das promessas de cortes de impostos, em um momento em que a economia enfraquecida do Reino Unido deixou as pessoas com o maior aperto em suas finanças por décadas.

Todos os três candidatos restantes farão questão de reforçar suas credenciais de direita na busca do apoio em um partido, que, de acordo com pesquisa de 2020, tende a ser mais velho, masculino, inglês do sul e defensor do Brexit.

Eles vão votar por correio com o resultado previsto para 5 de setembro. Uma pesquisa do YouGov com membros conservadores mostrou que Sunak perderia um segundo turno contra todos os outros.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos