Corrida pelo Oscar 2023: Como fica a disputa após a cerimônia do Critics Choice Awards

Ocorreu na noite deste domingo (15) a 28ª edição do Critics Choice Awards, premiação que serve de importante termômetro para o Oscar e que é organizado pela maior associação de críticos dos Estados Unidos.

'Awards season': Temporada do Oscar começa com premiações prévias e filmes disputando favoritismo

'Os Banshees de Inisherin' e 'The White Lotus' conquistam o Globo de Ouro 2023; confira lista completa

Em 2023, a premiação consagrou “Tudo em todo lugar ao mesmo tempo” como melhor filme, direção, montagem, roteiro original e melhor ator coadjuvante. O impressionante resultado por ajudar a dar visibilidade ao longa, por mais que o quadro de votantes da premiação seja completamente diferente do da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood.

Se ainda não dá para ter certeza do impacto da premiação no Oscar, uma coisa parece certa. Vai ser difícil tirar a estatueta de melhor ator coadjuvante de Ke Huy Quan. O ator. além de um grande trabalho, entrega uma história de vida de superação e paixão pelo cinema, o que sempre é bem visto no meio. Ele estreou nas telas em “Indiana Jones e o templo da perdição” (1984), de Steven Spielberg, e passou todo este tempo sem emplacar um grande trabalho. Ele também conquistou o Globo de Ouro.

Outro nome premiado no Globo de Ouro que sai forte do Critics é Angela Bassett, na disputa de melhor atriz coadjuvante pelo trabalho em “Pantera Negra: Wakanda para sempre”.

A disputa de melhor ator segue aberta, mas o Critics ajudou a devolver um pouco de visibilidade ao nome de Brendan Fraser por “A baleia”. O ator vem sendo apontado como forte candidato ao Oscar desde a primeira exibição do longa, no Festival de Veneza de 2022. Já dentre as atrizes, Cate Blanchett (“Tár”) surge com força após mais uma vitória. Resta saber se o Oscar irá premiá-la com uma terceira estatueta ao invés de consagrar o trabalho, e a carreira, de Michelle Yeoh.

Novo filme de Spielberg, “Os Fabelmans” deixou o Critics sem nenhum prêmio. Mas é difícil imaginar que a situação se repita no Oscar.

Confira a lista completa de vencedores do Critics Choice Awards:

Melhor filme

"Tudo em todo lugar ao mesmo tempo" (vencedor)

"Avatar: O caminho das águas"

"Babilônia"

"Os Banshees de Inisherin"

"Elvis"

"Os Fabelmans"

"Glass Onion: Um mistério Knives"

"RRR"

"Tár"

"Top Gun: Maverick"

"Entre mulheres"

Melhor direção

Daniel Kwan e Daniel Scheinert – “Tudo em todo lugar ao mesmo tempo” (vencedor)

James Cameron – “Avatar: O caminho da água”

Damien Chazelle – “Babilônia”

Todd Field – “Tár”

Baz Luhrmann – “Elvis”

Martin McDonagh – “Os Banshees de Inisherin”

Sarah Polley – “Entre mulheres”

Gina Prince-Bythewood – “A Mulher Rei”

S.S. Rajamouli – “RRR”

Steven Spielberg – “Os Fabelmans”

Melhor atriz

Cate Blanchett – “Tár” (vencedora)

Viola Davis – “A Mulher Rei”

Danielle Deadwyler – “Till - A busca por Justiça”

Margot Robbie – “Babilônia”

Michelle Williams – “Os Fabelmans”

Michelle Yeoh – “Tudo em todo lugar ao mesmo tempo”

Melhor ator

Brendan Fraser – “A baleia” (vencedor)

Austin Butler – “Elvis”

Tom Cruise – “Top Gun: Maverick”

Colin Farrell – “Os Banshees de Inisherin”

Paul Mescal – “Aftersun”

Bill Nighy – “Living”

Melhor atriz coadjuvante

Angela Bassett – “Pantera Negra: Wakanda para sempre” (vencedora)

Jessie Buckley – “Entre Mulheres”

Kerry Condon – “Os Banshees de Inisherin”

Jamie Lee Curtis – “Tudo em todo lugar ao mesmo tempo”

Stephanie Hsu – “Tudo em todo lugar ao mesmo tempo”

Janelle Monáe – “Glass Onion: Um mistério Knives Out”

Melhor ator coadjuvante

Ke Huy Quan – “Tudo em todo lugar ao mesmo tempo” (vencedor)

Paul Dano – “Os Fabelmans”

Brendan Gleeson – “Os Banshees de Inisherin”

Judd Hirsch – “Os Fabelmans”

Barry Keoghan – “Os Banshees de Inisherin”

Brian Tyree Henry – “Passagem”

Melhor ator/atriz revelação

Gabriel LaBelle – “Os Fabelmans” (vencedor)

Frankie Corio – “Aftersun”

Jalyn Hall – “Till - A busca por Justiça”

Bella Ramsey – “Catherine Called Birdy”

Banks Repeta – “Armageddon Time”

Sadie Sink – “A Baleia”

Melhor roteiro original

Daniel Kwan, Daniel Scheinert – “Tudo em todo lugar ao mesmo tempo” (vencedor)

Charlotte Wells – “Aftersun”

Martin McDonagh – “Os Banshees de Inisherin”

Steven Spielberg, Tony Kushner – "Os Fabelmans”

Todd Field – “Tár”

Melhor roteiro adaptado

Sarah Polley – “Entre Mulheres” (vencedora)

Rian Johnson – “Glass Onion: Um mistério Knives”

Kazuo Ishiguro – “Living”

Rebecca Lenkiewicz – “Ela disse”

Samuel D. Hunter – “A baleia"

Melhor animação

“Pinóquio” (vencedor)

“Marcel the Shell with Shoes On”

“Gato de botas 2: O último desejo”

“Red: Crescer é uma fera”

“Wendell & Wild”

Melhor filme de comédia

“Glass Onion: Um mistério Knives Out” (vencedor)

“Os Banshees de Inisherin”

“Bros”

“Tudo em todo lugar ao mesmo tempo”

“Triângulo da tristeza”

“O peso do talento”

Melhor filme estrangeiro

“RRR” (vencedor)

“Nada de Novo no Front”

“Argentina, 1985”

“Bardo, Falsa Crônica de Algumas Verdades”

“Close”

“Decisão de Partir”

Melhor trilha sonora original

Hildur Guðnadóttir – “Tár” (vencedora)

Michael Giacchino – “The Batman”

Justin Hurwitz – “Babilônia”

John Williams – “Os Fabelmans”

Alexandre Desplat – “Pinóquio”

Hildur Guðnadóttir – “Entre Mulheres”

Melhor canção original

“Naatu Naatu” – “RRR” (vencedora)

“Lift Me Up” – “Pantera Negra: Wakanda para sempre”

“Ciao Papa” – “Pinóquio”

“Hold My Hand” – “Top Gun: Maverick”

“Carolina” – “Um lugar bem longe daqui”

“New Body Rhumba” – “Ruído branco”

Melhor montagem

Paul Rogers – “Tudo em todo lugar ao mesmo tempo” (vencedor)

Stephen Rivkin, David Brenner, John Refoua, James Cameron – “Avatar: O caminho das águas”

Tom Cross – “Babilônia”

Matt Villa, Jonathan Redmond – “Elvis”

Monika Willi – “Tár”

Eddie Hamilton – “Top Gun: Maverick”

Melhor direção de fotografia

Claudio Miranda – “Top Gun: Maverick” (vencedor)

Russell Carpenter – “Avatar: O caminho das águas”

Linus Sandgren – “Babilônia”

Roger Deakins – “Império da luz”

Janusz Kaminski – “Os Fabelmans”

Florian Hoffmeister – “Tár”

Melhores efeitos especiais

“Avatar: O caminho das águas” (vencedor)

“O Batman”

“Pantera Negra: Wakanda para sempre”

“Tudo em todo lugar ao mesmo tempo”

“RRR”

“Top Gun: Maverick”

Melhor design de produção

Florencia Martin, Anthony Carlino – “Babilônia” (vencedora)

Dylan Cole, Ben Procter, Vanessa Cole – “Avatar: O caminho das águas”

Hannah Beachler, Lisa K. Sessions – “Pantera Negra: Wakanda para sempre”

Catherine Martin, Karen Murphy, Bev Dunn – “Elvis”

Jason Kisvarday, Kelsi Ephraim – “Tudo em todo lugar ao mesmo tempo”

Rick Carter, Karen O’Hara – “Os Fabelmans”

Melhor figurino

Ruth E. Carter – “Pantera Negra: Wakanda para sempre” (vencedora)

Mary Zophres – “Babilônia”

Catherine Martin – “Elvis”

Shirley Kurata – “Tudo em todo lugar ao mesmo tempo”

Jenny Eagan – “Glass Onion: Um Mistério Knives Out”

Gersha Phillips – “A mulher rei”

Melhor cabelo e maquiagem

“Elvis” (vencedor)

“Babilônia”

“O Batman”

“Pantera Negra: Wakanda para sempre”

“Tudo em todo lugar ao mesmo tempo”

“A Baleia”

Melhor elenco

“Glass Onion: Um mistério A Knives Out” (vencedor)

“Os Banshees de Inisherin”

“Tudo em todo lugar ao mesmo tempo”

“Os Fabelmans”

“A Mulher Rei”

“Entre mulheres”

Melhor série de drama

“Better Call Saul” (vencedora)

“Andor”

“Mal de família”

“The Crown”

“Euphoria”

“The Good Fight”

“Casa do Dragão”

“Ruptura”

“Yellowstone”

Melhor atriz em série de drama

Zendaya – “Euphoria” (vencedora)

Christine Baranski – “The Good Fight”

Sharon Horgan – “Mal de família”

Laura Linney – “Ozark”

Mandy Moore – “This Is Us”

Kelly Reilly – “Yellowstone”

Melhor ator em série de drama

Bob Odenkirk – “Better Call Saul” (vencedor)

Jeff Bridges – “The Old Man”

Sterling K. Brown – “This Is Us”

Diego Luna – “Andor”

Adam Scott – “Ruptura”

Antony Starr – “The Boys”

Melhor atriz coadjuvante em série de drama

Jennifer Coolidge – “The White Lotus” (vencedora)

Milly Alcock – “A Casa do Dragão”

Carol Burnett – “Better Call Saul”

Julia Garner – “Ozark”

Audra McDonald – “The Good Fight”

Rhea Seehorn – “Better Call Saul”

Melhor ator coadjuvante em série de drama

Giancarlo Esposito – “Better Call Saul” (vencedor)

Andre Braugher – “The Good Fight”

Ismael Cruz Córdova – “O Senhor dos Anéis: Os Anéis de Poder”

Michael Emerson – “Evil”

John Lithgow – “The Old Man”

Matt Smith – “A Casa do Dragão”

Melhor série de comédia

“Abbott Elementary” (vencedor)

“Barry”

“O Urso”

“Better Things”

“Ghosts”

“Hacks”

“Reboot”

“Reservation Dogs”

Melhor atriz de série de comédia

Jean Smart – “Hacks” (vencedora)

Christina Applegate – “Dead to Me”

Quinta Brunson – “Abbott Elementary”

Kaley Cuoco – “The Flight Attendant”

Renée Elise Goldsberry – “Girls5eva”

Devery Jacobs – “Reservation Dogs”

Melhor ator de série de comédia

Jeremy Allen White – “O urso” (vencedor)

Matt Berry – “What We Do in the Shadows”

Bill Hader – “Barry”

Keegan-Michael Key – “Reboot”

Steve Martin – “Only Murders in the Building”

D’Pharaoh Woon-A-Tai – “Reservation Dogs”

Melhor atriz coadjuvante em série de comédia

Sheryl Lee Ralph – “Abbott Elementary” (vencedora)

Paulina Alexis – “Reservation Dogs”

Ayo Edebiri – “O urso”

Marcia Gay Harden – “Uncoupled”

Janelle James – “Abbott Elementary”

Annie Potts – “Young Sheldon”

Melhor ator coadjuvante em série de comédia

Henry Winkler – “Barry” (vencedor)

Brandon Scott Jones – “Ghosts”

Leslie Jordan – “Call Me Kat”

James Marsden – “Dead to Me”

Chris Perfetti – “Abbott Elementary”

Tyler James Williams – “Abbott Elementary”

Melhor minissérie

“The Dropout” (vencedora)

“Gaslit”

“The Girl from Plainville”

“The Offer”

“Pam & Tommy”

“Station Eleven”

“This Is Going to Hurt”

“Em nome do céu”

Melhor telefilme

“Weird: The Al Yankovic Story” (vencedor)

“Fresh”

“O Predador: A caçada”

“Ray Donovan: The Movie”

“A Luta de uma vida”

“Three Months”

Melhor atriz em minissérie ou telefilme

Amanda Seyfried – "The Dropout" (vencedora)

Julia Garner – “Inventando Anna”

Lily James – “Pam & Tommy”

Amber Midthunder – “Prey”

Julia Roberts – “Gaslit”

Michelle Pfeiffer – “The First Lady”

Melhor ator em minissérie ou telefilme

Daniel Radcliffe – “Weird: The Al Yankovic Story” (vencedor)

Ben Foster – “The Survivor”

Andrew Garfield – “Under the Banner of Heaven”

Samuel L. Jackson – “The Last Days of Ptolemy Grey”

Sebastian Stan – “Pam & Tommy”

Ben Whishaw – “This is Going to Hurt”

Melhor atriz coadjuvante em minissérie ou telefilme

Niecy Nash-Betts – “Dahmer: Um canibal americano” (vencedora)

Claire Danes – “Fleishman Is in Trouble”

Dominique Fishback – “The Last Days of Ptolemy Grey”

Betty Gilpin – “Gaslit”

Melanie Lynskey – “Candy”

Juno Temple – “The Offer”

Melhor ator coadjuvante em minissérie ou telefilme

Paul Walter Hauser – “Black Bird” (vencedor)

Murray Bartlett – “Welcome to Chippendales”

Domhnall Gleeson – “The Patient”

Matthew Goode – “The Offer”

Ray Liotta – “Black Bird”

Shea Whigham – “Gaslit”

Melhor série de animação

“Harley Quinn” (vencedora)

“Bluey”

“Bob’s Burgers”

“Primal”

“Star Trek: Lower Decks”

“Undone”

Melhor série estrangeira

“Pachinko” (vencedora)

“1899”

“Borgen”

“Uma advogada extraordinária”

“Garcia!”

“O Reino”

“Kleo”

“A amiga genial”

“Teerã”

Melhor especial de comédia

“Norm Macdonald: Nothing Special” (vencedor)

“Fortune Feimster: Good Fortune”

“Jerrod Carmichael: Rothaniel”

“Joel Kim Booster: Psychosexual”

“Nikki Glaser: Good Clean Filth”

“Would It Kill You to Laugh? Starring Kate Berlant & John Early”

Melhor talk-show

“Last Week Tonight with John Oliver” (vencedor)

“The Amber Ruffin Show”

“Full Frontal with Samantha Bee”

“The Kelly Clarkson Show”

“Late Night with Seth Meyers”

“Watch What Happens Live with Andy Cohen”