Cortado contra o Fortaleza, Diego Alves treina e deve viajar com o Flamengo para Atibaia; Paulo Sousa segue na corda bamba

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Encerrada a série de cinco jogos no Rio de Janeiro, a avaliação sobre o trabalho de Paulo Sousa se mantém: irregular e ultimamente com mais baixos que altos. Após a derrota por 2 a 1 para o Fortaleza, no Maracanã, neste domingo, a crise sobre o técnico português cresceu e as próximas viagens serão decisivas. Diante Bragantino e Internacional, ambos fora de casa, estará na corda bamba como nunca antes no rubro-negro.

Paulo Sousa está gradativamente perdendo força internamente e a sua última coletiva de imprensa causa mal estar. A exposição de problemas internos não foi bem vista entre membros da cúpula de futebol e também entre atletas. Até mesmo a sua rixa com o goleiro Diego Alves tem aumentado esse clima de tensão, onde muitos já veem atritos desnecessários por parte do português.

Por sinal, o goleiro deve viajar com a delegação rubro-negra para Atibaia. Ele treinou na manhã desta segunda-feira junto com o elenco — os titulares fizeram um treino regenerativo — e tudo indica que deve estar na lista de relacionados diante do Bragantino. Mas, depois do que aconteceu diante do Fortaleza, ninguém coloca a mão no fogo sobre isso irá ocorrer.

Acontecerá uma reunião nesta segunda-feira entre membros do departamento de futebol do Flamengo, mas é de praxe e ocorre sempre nesta data. Obviamente o tema Paulo Sousa será discutido, mas o encontro não foi convocado por causa dele. Há o entendimento, no entanto, de que novos tropeços diante Bragantino e Internacional podem definir o fim da linha do técnico português.

Um dos poucos que mantém a confiança em Paulo Sousa é o presidente Rodolfo Landim. Confiança esta que já sofreu abalos de tempos para cá e sofre com a forte pressão interna por mudanças. Neste momento, a sua alta multa rescisória e a falta de opção no mercado são os maiores trunfos do português.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos