Corte venezuelana derroga decisão de assumir funções do Parlamento

(Arquivo) O presidente da Venezuela, Nicolas Maduro

O Supremo Tribunal de Justiça (TSJ) da Venezuela derrogou neste sábado sua decisão de assumir as funções do Parlamento, de maioria opositora, anunciou a corte.

A medida foi derrogada após um acordo entre os poderes públicos - à exceção do Legislativo -, cujos representantes se reuniram até a madrugada de hoje, convocados pelo presidente Nicolás Maduro.

O TSJ também suprimiu o conteúdo de outra sentença, em que retirou a imunidade dos parlamentares.

"No que diz respeito à imunidade parlamentar, este conteúdo foi suprimido", assinala a decisão.