Dieta? Bud Light terá cerveja sem carboidratos

·1 minuto de leitura
Foto da Bud Light
Novidade é uma atualização da Bud Light e deve ter, no máximo, 80 calorias por unidade
(Igor Golovniov/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
  • Anheuser-Busch lançará, nos EUA, cerveja sem carboidratos

  • Novidade chega para atender às demandas da geração Z 

  • Fórmula contém 30% menos calorias que a versão Bud Light

Atenta às tendências de mercado, a Anheuser-Busch anunciou que lançará uma nova edição da cerveja Bud Light com 30% menos calorias. O segredo? Cortar, por completo, os carboidratos da fórmula. A novidade foi batizada de Bud Light Next e deve chegar aos Estados Unidos em 2022.

Conforme divulgado pela CNN Business, a bebida está há uma década em desenvolvimento com o codinome “Project Impossible” – em português, Projeto Impossível – e ganhou 130 protótipos até chegar a um resultado satisfatório. Claramente desafiadora, a iniciativa chega focada em atender aos desejos da geração Z, que abrange os nascidos entre 1997 e 2012.

Leia também:

“A próxima geração de cerveja light para a próxima geração de consumidores de cerveja”, descreveu Andy Goeler, vice-presidente de marketing da marca. Esse fato a torna pioneira no segmento de cervejas sem carboidratos, já que outras empresas chegaram a lançar, no máximo, versões low-carb (menos carboidratos, em tradução literal).

O nível alcóolico da Next é mensurado em 4% e cada unidade deve ter, no máximo, 80 calorias. Goeler ainda define o gosto da novidade como “leve, refrescante e limpo”, com toques cítricos.

O momento para inovar, nos Estados Unidos, não poderia ser melhor. A venda de cervejas cresceu 8,6% no último ano devido à pandemia, e o mercado light movimentou US$ 10,6 milhões, equivalentes a R$ 55,99 milhões, em vendas por conta da popularidade de uma versão com menos calorias.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos