Cota única ou 1ª parcela do IPVA 2022 vence hoje para carros do Estado do Rio com final de placa 2

·2 min de leitura

Donos de carros com final de placa 2, no Estado do Rio, devem pagar a primeira parcela ou a cota única do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) 2022 nesta terça-feira (dia 25).

Aquele que optar pelo pagamento à vista terá desconto de 3%. Quem quiser parcelar o valor terá três cotas mensais a quitar, sem direito a abatimento. Veja abaixo o calendário de vencimento das cotas do IPVA de acordo com cada final de placa.

A Guia para Recolhimento de Débitos (GRD) para o pagamento do imposto anual deve ser emitida pelo site do Bradesco (www.bradesco.com.br) ou pelo Portal do IPVA (https://portal.fazenda.rj.gov.br/ipva/).

Para a emissão da guia no site do banco, o interessado deve selecionar no site a opção "Produtos e Serviços" (à esquerda da tela) e, em seguida, clicar em "Serviços". Depois, é preciso escolher "Pagamentos", localizar a opção 'Tributos' e clicar em 'DETRAN RJ – GRD, DUDA, GRT e GRM' , e em seguida: 'Gerar Boleto'.

Ainda nesta página, o motorista deve escolher, dentro da opção "Tributos", o item "DETRAN RJ – GRD, DUDA, GRT e GRM". Uma lista de telefones para esclarecer dúvidas será apresentada. No final dela, haverá a opção "Gerar boleto".

A partir daí, é preciso ter o número do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam) em mãos e digitar a sequência de 4 dígitos apresentada pelo site, clicando em "Continuar".

Na página da Secretaria estadual de Fazenda, ao selecionar "IPVA - GRD", o interessado será encaminhado para a página do Bradesco, onde deverá informar o número do Renavam e o código de segurança fornecido pelo site.

O não pagamento do IPVA não impede o licenciamento anual do veículo no Rio de Janeiro. De acordo com o Detran-RJ, é necessário apenas quitar a Guia de Regularização de Taxas (GRT) do Detran-RJ referente ao exercício 2022, já disponível para impressão no site do Bradesco (www.bradesco.com.br), no valor de R$ 242,26.

Após quitar a guia, o motorista pode ter acesso ao documento de modo digital, pelo aplicativo Carteira Digital de Trânsito ou pelo site do Denatran, já que o CRLV desde 2021 não é mais impresso em papel-moeda.

Na versão digital, é possível compartilhar o CRLV com até outras cinco pessoas, que também terão acesso ao mesmo pelo aplicativo no celular. Se uma família divide um único carro, por exemplo, todos poderão ter o documento em seus smartphones. Quem preferir pode imprimir o licenciamento em papel comum, que terá valor igual ao digital.

Além disso, assim como ocorreu no ano passado, a taxa pelo seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestre (DPVAT) não está sendo cobrada em 2022.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos