Cotado para Fazenda, Haddad diz que começará a formar equipe, mas não anunciará nomes nesta 6ª-feira

Ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad

Por Lisandra Paraguassu

BRASÍLIA (Reuters) - Cotado para ser anunciado nesta sexta-feira como ministro da Fazenda pelo presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad disse a jornalistas ao deixar o hotel em que está hospedado em Brasília que já iniciou a formação de uma equipe, mas que não anunciará nomes nesta sexta.

"Vou", respondeu Haddad, chamado de "ministro" pelos repórteres que o aguardavam na porta do hotel, quando perguntado se já iniciaria a formação de sua equipe.

Indagado se pretendia anunciar nomes nesta sexta, Haddad também respondeu: "não", dirigindo-se rapidamente ao carro que o esperava.

Lula deve confirmar em entrevista coletiva nesta manhã os nomes de cinco ministros de seu futuro governo, incluindo Fazenda, Defesa, Justiça e Segurança Pública, Relações Exteriores e Casa Civil, além dos novos comandantes das Forças Armadas.

Os nomes que devem ser anunciados por Lula são aqueles dados já como certos: Haddad na Fazenda; Flávio Dino na Justiça e Segurança Pública; José Múcio Monteiro na Defesa; e Rui Costa na Casa Civil. Há ainda possibilidade de o presidente eleito também confirmar a volta do ex-chanceler Mauro Vieira ao comando do Ministério das Relações Exteriores.