Courtney Clenney, modelo do OnlyFans que matou o namorado, fez insultos racistas a ele antes do crime

Courtney Cleeney, modelo da plataforma OnlyFans acusada do assassinato do namorado, Christian Ombuseli, em abril, o atacou com insultos racistas durante uma briga, de acordo com gravações secretas que estavam no celular da vítima antes de sua morte.

Courtney Clenney, que tem 2 milhões de seguidores no Instagram, pode ser ouvida chamando Obumseli pela palavra "nigga", que no inglês tem um significado bastante pejorativo e racista, enquanto grita pedindo para que ele busque seu telefone. As informações são do jornal Miami Herald.

Atualmente, Courtney está enfrentando acusações de assassinato depois de dar uma facada no peito de Obumseli durante uma briga em seu apartamento em Miami. Os advogados da modelo argumentaram que ela agiu em legítima defesa.

Nas gravações descobertas pela polícia, Courtney é ouvida falando nervosa com Ombuseli, 27, por ele não avisá-la de que ele havia cumprimentado uma conhecida em comum durante um passeio de bicicleta. "Você falou com ela sem me dizer!", diz, enquanto grita com o namorado.

"Cale a boca e deixe-me dar um tapa em você, idiota!", continua ela, enquanto Ombuseli pede para que ela se acalme. "Você vai ficar com raiva de mim quando eu estiver pedindo desculpas a você?", ele pergunta. A modelo, então, diz para ele “sair de cima de mim”, seguido do insulto racista.