Covas libera reabertura de escolas na capital paulista em 1º de fevereiro

ISABELA PALHARES
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, 07.10.2020 - Volta às Aulas em São Paulo. (Foto: Rivaldo Gomes/Folhapress)
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, 07.10.2020 - Volta às Aulas em São Paulo. (Foto: Rivaldo Gomes/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), autorizou que as escolas da capital paulista reabram a partir de 1º de fevereiro. Elas poderão receber inicialmente 35% dos alunos.

A autorização para a retomada das aulas presenciais ocorre em um momento de alta no número de casos e mortes na cidade.

A medida segue o plano estabelecido pelo governador João Doria (PSDB) que, em dezembro do ano passado, classificou os estabelecimentos de ensino como serviços essenciais para que possam abrir em qualquer fase da pandemia.