Covax distribuirá doses da CoronaVac e de vacina da Sinopharm contra Covid-19

·1 min de leitura
Caixas da vacina contra Covid-19 CoronaVac na sede do laboratório Sinovac em Pequim

Por Emma Farge

GENEBRA (Reuters) - A aliança Gavi anunciou nesta segunda-feira que assinou dois acordos de compra antecipada com as farmacêuticas chinesas Sinopharm e Sinovac para proporcionar até 550 milhões de vacinas contra Covid-19 ao programa Covax.

Os novos contratos incluem até 170 milhões de doses da vacina da Sinopharm e até 380 milhões de doses da vacina da Sinovac, batizada de CoronaVac, até meados de 2022, disse o comunicado. A Sinovac confirmou o acordo em um comunicado.

"Os acordos, que chegam no momento em que a variante Delta está criando um risco crescente para os sistemas de saúde, começarão a disponibilizar 110 milhões de doses imediatamente a participantes do esquema Covax, com opções de doses adicionais", disse o Gavi em um comunicado.

O Covax, que distribui vacinas a países mais pobres, passa apuros para cumprir seus compromissos iniciais em meio às interrupções de exportação da Índia, obrigando muitos países a interromper seus programas de vacinação nas fases iniciais.

Mas sua previsão de suprimento mais recente mostra que o programa está a caminho de entregar mais de 2 bilhões de doses até o início de 2022.

(Por Emma Farge)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos