Covid-19: Após restringir estacionamento na orla, Prefeitura do Rio reboca 18 veículos

A Prefeitura do Rio rebocou 18 veículos, até o início da tarde desta terça-feira, em ações de fiscalização do Decreto 47.424, que suspendeu o estacionamento na orla do Leme ao Pontal como medida de combate ao novo coronavírus. A regra, que passou a valer no início do dia, abre exceção apenas para moradores e usuários de vagas especiais. De acordo com a prefeitura, a fiscalização será feita de forma ininterrupta, com 10 reboques da Coordenadoria de Fiscalização de Estacionamentos e Reboques (Cfer).
Para evitar que o carro seja removido, os moradores devem deixar à mostra, no painel do veículo, o seu Cartão Morador do sistema Rio Rotativo (emitido pela CET-Rio) ou comprovante de residência. Já os usuários de vagas especiais (idosos e deficientes físicos) devem expor o cartão obrigatório de beneficiário.

Quem tiver o carro rebocado terá uma dor de cabeça extra: por conta da pandemia, os depósitos municipais (em São Cristóvão e no Recreio dos Bandeirantes) estão funcionando apenas em dias úteis, das 8h às 17h. O fechamento das unidades aos fins de semana começou em 28 de março.

Com isso, se o veículo for removido na sexta-feira e não puder ser retirado no mesmo dia, só será possível retirar o carro na segunda-feira, mas não serão cobradas as diárias referentes a sábado e domingo.

Se a remoção acontecer no sábado ou no domingo, o proprietário pagará apenas uma diária pelo fim de semana. Informações sobre a retirada, como documentos necessários e formas de pagamento, estão disponíveis no site da Seop.