Covid-19: Autoridades confinam cidade de 13 milhões de habitantes na China

·2 min de leitura

Diante do coronavírus, a China não quer correr nenhum risco durante as férias de fim de ano que se aproximam. Por esta razão, as autoridades chinesas impuseram, nesta quarta-feira (22), um novo lockdown em Xi'an, no norte do país, devido a um aumento exponencial dos casos de Covid-19. A cidade possui 13 milhões de habitantes.

Stéphane Lagarde, correspondente da RFI em Pequim

Há um clima de déjà vu na China neste final de 2021. Nesta quarta-feira (22), a cidade de Xi'an traz uma reminiscência de Wuhan, no inverno de 2020.

Os residentes da capital da província de Shaanxi são incentivados pelas autoridades chinesas a ficarem expressamente em casa, a menos que haja motivos muito convincentes para se deslocar.

Apenas uma pessoa por família pode fazer compras em dias alternados. Esta medida de contenção vem na sequência da restrição de viagens decretada hoje, mais cedo, na China.

Para sair da cidade, você não só precisa de um teste de PCR com menos de 48 horas, mas também de uma carta assinada por seu empregador ou pela comissão de bairro.

As autoridades chinesas estão preocupadas. Segundo a imprensa local, o QR code de saúde nos smartphones, o passe de saúde local, teve um bug na segunda-feira (20). Uma falha no sistema que impede agora o rastreamento de casos de contato. É, portanto, um retorno à política do "Covid zero", após o "Covid zero dinâmico" mais direcionado.

As autoridades de saúde estão lançando uma ampla rede de informações e pesquisas na China, sabendo que vários estudos mostraram a eficácia relativa das vacinas chinesas contra a variante ômicron.


Leia mais

Leia também:
Fechamento de fábricas na China por surto de ômicron ameaça abastecimento global
Covid-19: China confina cidade de 4 milhões de habitantes a cem dias das Olimpíadas de inverno
China enfrenta nova onda epidêmica a cem dias dos Jogos de Inverno

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos