Covid-19: Brasil tem novo recorde de mortes em 24h, com 3.780

Redação Notícias
·1 minuto de leitura
SAO PAULO, BRAZIL - MARCH 26: Officials from the Vila Formosa cemetery, wherein the bodies of the victims of the coronavirus pandemic (COVID-19) are buried, where Brazil surpassed 300 thousand deaths, in Sao Paulo, Brazil, on March 26, 2021. (Photo by Marcello Zambrana/Anadolu Agency via Getty Images)
SAO PAULO, BRAZIL - MARCH 26: Officials from the Vila Formosa cemetery, wherein the bodies of the victims of the coronavirus pandemic (COVID-19) are buried, where Brazil surpassed 300 thousand deaths, in Sao Paulo, Brazil, on March 26, 2021. (Photo by Marcello Zambrana/Anadolu Agency via Getty Images)

O Brasil registrou 3.780 novas mortes pelo novo coronavírus e 84.494 casos da doença nesta terça (30). Com isso, o total de mortos chegou a 317.646 e o de casos a 12.658.109, de acordo com o painel atualizado pelo Conass (Conselho Nacional dos Secretários de Saúde), um sistema próprio de informações que reúne dados de contaminados e de óbitos em contagem paralela à do governo.

A marca de 3.780 óbitos é um novo recorde diário e apenas a quarta vez que o país tem mais de 3 mil mortes em um dia. Os outros três aconteceram na última semana, incluindo o então recorde, de 3.650 da última sexta (26).

Na segunda (29), o país tinha 313.866 mortes e 12.573.615 casos confirmados de Covid-19, de acordo com o conselho.

Prezando pela confiabilidade nas informações, o Yahoo Brasil passou a adotar como padrão, desde 8 de junho, os dados estatísticos divulgados pelas secretarias estaduais de Saúde através do Conass, e não mais os números apresentados pelo Ministério da Saúde.

Os dados do Conass também viraram referência para o Congresso Nacional, que abandonou a contagem do Ministério da Saúde. A decisão foi anunciada pelo então presidente do Senado, Davi Alcolumbre, no início de junho de 2020.