Covid-19: China anuncia lockdown em região do país após registro de novos casos

Pessoas conversam em uma área residencial em meio a novas medidas de bloqueio na cidade de Xangai. 15 de junho, 2022 (Foto: REUTERS/Aly Song)
Pessoas conversam em uma área residencial em meio a novas medidas de bloqueio na cidade de Xangai. 15 de junho, 2022 (Foto: REUTERS/Aly Song)

Cidades do leste da China voltaram a registrar aumento no número de casos de covid-19 e, por isso, novas restrições foram impostas para evitar a disseminação da doença. Segundo a agência de notícias Reuters, o lockdown representa uma nova ameaça à recuperação econômica do país.

Com as novas medidas, estabelecimentos como restaurantes foram suspensos e o governo aconselhou as pessoas a trabalharem em casa.

A China continua tentando eliminar novas infecções do coronavírus como parte da política “covid zero.

O condado de Si, na província de Anhui, bloqueou seus 760 mil moradores e suspendeu o tráfego público, pois registrou 288 casos no sábado (2).

Já Yiwu, capital de exportação da China para pequenas commodities, cancelou voos para a capital Pequim por tempo indeterminado, disse a TV estatal. Yiwu relatou três casos da doença na semana passada.

Xangai suspendeu o lockdown em 1º de junho, após dois meses de paralisação que atingiu a produção e os gastos do consumidor. No sábado, a cidade relatou dois casos sintomáticos locais, de acordo com dados do governo local.