Covid-19: Cidade do Rio confirma recebimento de novas doses de Pfizer para a vacinação de adolescentes nesta sexta

·1 minuto de leitura

RIO — A cidade do Rio confirmou que receberá nesta quinta-feira 38.100 doses da vacina da Pfizer e 64.640 doses de CoronaVac. Segundo a Secretaria municipal de Saúde (SMS), a nova remessa é suficiente para a aplicação da primeira dose da vacina contra a Covid-19 até esta sexta-feira, quando são vacinados meninos de 15 anos. Apenas o imunizante da Pfizer será usado nesse público, já que ele é o único autorizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para aplicação em menores de idade.

Leia mais: href="https://oglobo.globo.com/rio/procura-por-vacina-teve-queda-brusca-em-segunda-feira-de-feriadao-no-rio-25190015">Procura por vacina teve queda brusca em segunda-feira de feriadão no Rio

A campanha de aplicação da primeira dose, que nesta quinta-feira se destina a meninas de 15 anos, estava sob risco de ser interrompida novamente na sexta-feira. Isso porque o estoque do imunizante da Pfizer era suficiente apenas para até hoje, segundo previsão da prefeitura.

Nesta terça-feira, a Secretaria estadual de Saúde adiou a distribuição de 365 mil doses da Pfizer por orientação do Ministério da Saúde, que, devido aos “riscos das manifestações” de 7 de setembro, determinou a mudança de cronograma de entregas de vacinas em todo o Brasil, como noticiou a colunista Malu Gaspar. A distribuição recomeçou após o feriado. A SMS deve retirar a nova remessa na tarde desta quinta-feira.

Além da vacinação de adolescentes, o Rio também promove repescagem para gestantes, puérperas, lactantes e Pessoas com Deficiência (PcD) com 12 anos ou mais e pessoas com 25 anos ou mais, que podem se vacinar, preferencialmente, no período da tarde.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos