Covid-19: Eslováquia quer dar bônus de mais de R$ 3 mil para idosos que se vacinarem

·1 min de leitura

O governo da Eslováquia quer dar um bônus de 500 euros (cerca de R$ 3,2 mil) para idosos que tomarem a vacina contra a Covid-19. O projeto prevê o fornecimento do valor em voucher, a ser utilizado no comércio pela população acima dos 60 anos de idade, contanto que a imunização seja comprovada.

Caso seja aprovado no Parlamento, o voucher poderá ser usado em restaurantes, cafés, hotéis ou na compra de ingressos para esportes, teatro, cinema, exposições ou shows. Além disso, o benefício se estende também para pagar cabeleireiros ou academias de ginástica. Cerca de 1,2 milhão de idosos poderão receber o bônus, o que significaria uma injeção de 500 milhões de euros na economia, segundo o governo.

O país, até o momento, tem uma das menores taxas de vacinação da União Europeia, com apenas 46,1% de cobertura vacinal de uma população de cerca de 5,5 milhões de habitantes.

O ministro da Fazenda, Igor Matovic, disse, nesta quarta-feira, que o dinheiro também significará “centenas de milhões de euros de ajuda extra para os setores mais afetados pelas restrições anunciadas pelo governo”. A Eslováquia entrou recentemente em lockdown de duas semanas para conter a atual onda de Covid-19, que se espalhou por toda a Europa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos