Covid-19: Estado do Rio registra 175 mortes e 1.716 novos casos da doença em 24 horas

Arthur Leal
Movimento aumentou na orla de Niterói nesta quinta-feira: reabertura no município permite exercícios na praia de 6h às 9h da manhã

RIO — O último boletim divulgado pelo governo do estado em seu painel oficial, na tarde desta quinta-feira, mais uma vez, mostra que vem crescendo rápido o número de pacientes confirmados com a Covid-19 em todo território fluminense, principalmente na capital. Em 24 horas, foram registrados 1.716 contaminados a mais do que na quarta-feira, somando 32.089 pessoas com o novo coronavírus desde o início da pandemia. O número de mortes também preocupa: de um dia para o outro, 175 novas vítimas do vírus foram confirmadas — a grande maioria também na cidade do Rio (127). Ao todo, 3.412 pessoas morreram desde o início do levantamento. No total, 26.843 pacientes se recuperaram da Covid.

Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde esclarece que os casos e óbitos registrados no boletim não ocorreram nas últimas 24h e que, nas últimas semanas, a capacidade de testagem do Laboratório Central Noel Nutels (Lacen) e laboratórios parceiros dobrou, passando de 900 para até 1.800 amostras analisadas por dia. Casos e óbitos também podem ser confirmados por critérios clínico-laboratoriais, ou por exames em laboratórios privados habilitados.

Os municípios com mais mortes pela Covid-19 no Rio são:

Rio de Janeiro — 2.376 mortes

Duque de Caxias — 167 mortes

Nova Iguaçu — 112 mortes

São Gonçalo — 76 mortes

Niterói — 65 mortes

Belford Roxo — 60 mortes

São João de Meriti — 59 mortes

A maioria dos casos confirmados estão concentrados em:

Rio de Janeiro — 18.743

Niterói — 1.968

Nova Iguaçu — 1.185

Duque de Caxias — 1.171

São Gonçalo — 859