Covid-19: governador toma primeira dose da vacina e destaca importância de completar imunização

·1 minuto de leitura

RIO — O governador Cláudio Castro foi imunizado com a primeira dose da vacina contra a Covid-19, na manhã desta terça-feira, enquanto cumpria agenda em Copacabana, bairro da Zona Sul que está completando 129 anos. A data é destinada ao público com 42 anos. Castro, que foi vacinado no Quartel do Corpo de Bombeiros do Cantagalo, disse que estava muito feliz com a oportunidade e defendeu a necessidade da população voltar aos postos para completar a vacinação com a segunda dose.

— Estou muito feliz hoje. Sempre disse que acreditava muito no Plano Nacional de Imunizações, e aqui no Rio de Janeiro a gente não discutiria se a vacina era X, Y ou Z. O estado tem feito seu papel e vem trabalhando com os municípios, fazendo as entregas da vacina e de insumos — destacou.

A campanha de imunização contra a Covid-19 teve início no dia 18 de janeiro e mais de 4 milhões de pessoas já receberam doses da CoronaVac, AstraZeneca, Pfizer ou Janssen, segundo informações do governo do estado.

— Vacinei aqui hoje no dia da minha idade e vou vir tomar a segunda dose. É uma emoção viver esse momento. É importante que a população tome a seguda dose — incentivou o governador.

Castro disse ainda que a vacina representa a esperança de que em breve será possível voltar à normalidade não só no estado, mas em todo o país.

— O que a gente mais quer é voltar a essa normalidade e não tenho dúvida de que a vacina é essa esperança que precisamos. Estou aqui feliz e emocionado por ter vacinado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos