Covid-19: laboratório chinês pede à Anvisa uso emergencial de vacina de uma dose no Brasil

·2 minuto de leitura
CanSino pediu para que sua vacina seja utilizada emergencialmente no Brasil (Foto: Jakub Porzycki/NurPhoto via Getty Images)
CanSino pediu para que sua vacina seja utilizada emergencialmente no Brasil (Foto: Jakub Porzycki/NurPhoto via Getty Images)
  • Informação foi dada pelo embaixador da China no Brasil, Yang Wanming

  • De acordo com ele, a ideia é ampliar a parceria de vacinas contra Covid-19 com o país

  • Recentemente, o Chile acertou a compra de quase dois milhões de doses da CanSino 

O laboratório chinês CanSino Biologics entrou em contato com o Ministério da Saúde para utilizar no Brasil sua vacina contra a Covid-19, a CanSino, aplicada em dose única. A informação foi divulgada nesta quarta-feira por Yang Wanming, embaixador da China no país.

De acordo com Wanming, o laboratório inclusive já enviou um pedido à Anvisa para que o imunizante receba autorização de uso emergencial em território brasileiro.

Leia também

“A China está comprometida em ampliar a parceria de vacinas com o Brasil”, escreveu o embaixador, lembrando que a CoronaVac é desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Apesar do contato, o pedido emergencial da CanSino ainda não consta no painel da Anvisa sobre os imunizantes avaliados no Brasil. Em março, a agência chegou a realizar uma reunião com o laboratório para “troca de informações”, conforme explicou o governo na época.

CanSino seria mais uma opção de imunização contra a Covid-19 (Fabio Teixeira/Anadolu Agency via Getty Images)
CanSino seria mais uma opção de imunização contra a Covid-19 (Fabio Teixeira/Anadolu Agency via Getty Images)

Outro país sul-americano começará a aplicar a CanSino em breve. O Chile efetuou no fim de março a compra de 1,8 milhão de doses da vacina chinesa, e a expectativa é de que o carregamento seja entregue ainda este mês.

A vacina CanSino

A vacina da CanSino tem eficácia de 65,7% em casos assintomáticos e 90,9% em casos graves da covid-19. Os estudos clínicos de fase 3 do imunizante foram feitos em diversas partes do mundo, incluindo o Chile. No país, 3.500 pessoas participaram da pesquisa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos