Covid-19: média móvel aponta estabilidade no contágio pelo terceiro dia no Rio; estado tem 21,3 mil mortes e 327,4 mil casos

Arthur Leal
·2 minuto de leitura
Foto: Hermes de Paula / Agência O Globo
Foto: Hermes de Paula / Agência O Globo

O Estado do Rio registrou 7 mortes e 499 novos casos de coronavírus nesta segunda-feira, de acordo com a última atualização feita pelo governo estadual. São 2 óbitos e 133 novos casos na capital. Ao todo, são 327.455 infectados e 21.301 vidas perdidas pela Covid-19 desde o início da pandemia, em março. Às segundas-feiras, os números divulgados normalmente são menores, porque muitos dados ficam retidos nas secretarias municipais nos fins de semana.

Com os dados desta segunda-feira, a média móvel agora é de 56 mortes e 1.554 casos por dia. A média móvel de mortes apresenta um aumento de 10%, o que, por estar abaixo de 15%, indica um cenário de estabilidade no contágio da doença pelo terceiro dia seguido.

A análise dos dados foi feita a partir do levantamento do consórcio de veículos de imprensa formado por O GLOBO, Extra, G1, Folha de S.Paulo, UOL e O Estado de S. Paulo, que reúne informações das secretarias estaduais de Saúde.

De acordo com o boletim da prefeitura, nesta segunda-feira, há 230 pacientes internados nos 251 leitos de UTI reservados na rede municipal para casos de coronavírus, o que representa 91% de ocupação destas vagas. Nas enfermarias, onde ficam casos mais leves, das 630 vagas, 259 são ocupadas por pacientes (41%). Há oferta de vagas também na rede SUS da cidade — que inclui unidades municipais, estaduais e federais —, onde a taxa de ocupação é de 79% nas UTIs e 64% nas enfermarias.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, não há fila de espera, pois há leitos para todos os pacientes neste momento inseridos no sistema de regulação, mas em toda a rede SUS da Região Metropolitana 1 — que engloba a capital e municípios da Baixada Fluminense —, 88 pessoas estão em processo de transferência para leitos de Covid-19. Deste total, 34 são para UTI.