Covid-19: mais de 160 mil idosos no Rio estão com a terceira dose da vacina atrasada

·2 minuto de leitura

Enquanto avança no calendário das doses de reforço contra a Covid-19, a cidade do Rio tem um passivo de mais de 160 mil idosos acima de 72 anos, já contemplados pela campanha de vacinação, que ainda não foram ao posto de saúde para receber a terceira aplicação do imunizante. O número considera quem já tomou duas doses, uma só dose ou nenhuma. Um levantamento feito ontem pelo EXTRA no “vacinômetro” da Prefeitura do Rio e no sistema Tabnet, do Sistema Único de Saúde (SUS), mostra que quase a metade desse grupo de atrasados pertence à faixa etária maior de 80 anos, na qual a cobertura da terceira dose é de 66%, e cerca de 74 mil idosos ainda precisam receber o reforço.

O cenário que envolve os maiores de 80 anos também preocupa com os números de não vacinados ou atrasados: 8.943 não receberam nenhuma dose e 9.622 ainda estão com apenas uma dose. Os protegidos com duas doses somam 55.537 pessoas.

Para Gulnar Azevedo, professora de Epidemiologia do Instituto de Medicina Social da Uerj, o alto número de idosos que ainda não retornaram aos postos de imunização pode ser fruto do não entendimento da importância da terceira dose, de problemas de locomoção e até do agravamento do estado de saúde:

— A estratégia melhor seria a busca ativa através de telefones, agentes de saúde fazendo visita domiciliar e, para aqueles com dificuldade de retorno, deveria ser garantida a vacinação no domicílio. Para isso, é preciso organizar os profissionais para a vacinação domiciliar — defende a especialista.

Procurada, a Prefeitura do Rio afirma que as equipes de saúde das unidades de Atenção Primária “estão empenhadas na busca ativa das pessoas não vacinadas, ou que não concluíram o esquema de vacinação”.

Entre os maiores de 72 anos no Rio, 342 mil já tomaram a terceira dose, indicam os números do SUS.

Calendário de vacinação

Por causa do feriado de Nossa Senhora Aparecida, os postos de vacinação não abrem nesta terça-feira (12). Quem teve a segunda dose marcada para hoje ou está com ela atrasada por algum motivo deve procurar os locais de imunização amanhã.

Na quarta-feira (13), o calendário será retomado com a aplicação da dose de reforço para idosos de 70 anos ou mais. e segue escalonado até sábado com um dia por idade, quando poderão se imunizar quem possui 67 anos ou mais.

Profissionais da saúde que tomaram a segunda dose em fevereiro podem receber a terceira até a próxima segunda-feira, dia 18.

Pessoas com 12 anos podem ir aos postos até o fim do mês para receber a primeira dose.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos