Covid-19: Máscaras voltam a ser obrigatórias em locais de SP; veja onde usá-las

Máscaras voltam a ser usadas devido ao aumento de casos de Covid (Getty Images)
Máscaras voltam a ser usadas devido ao aumento de casos de Covid

(Getty Images)

  • Máscaras voltam a ser obrigatórias em alguns lugares de SP;

  • Nos aeroportos, obrigatoriedade foi aprovada ontem (22);

  • Em alguns espaços, a proteção é apenas recomendada.

O aumento dos casos de Covid-19 no Brasil, decorrentes do surgimento e avanço de novas variantes da Ômicron, fizeram com que diversas cidades voltassem a recomendar ou obrigar o uso de máscaras em alguns espaços públicos.

Nesta terça-feira (22), por exemplo, o uso da proteção voltou a ser obrigatória em voos e aeroportos do país. A medida, aprovada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), passa a valer na sexta-feira (25).

Confira abaixo em quais lugares o uso de máscara é obrigatório ou recomendado em São Paulo.

Instituições de saúde

Desde o início da pandemia, é obrigatório usar o utensílio em clínicas, laboratórios, hospitais, UBS (Unidades Básicas de Saúde), UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) e outras instituições de saúde.

Transporte público

Segundo a Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo (SMS), as máscaras seguem recomendas em lugares fechados, com aglomeração, e em transportes públicos para todas as pessoas.

Aeroportos

O uso voltou a ser obrigatório a partir de sexta-feira (25). A determinação se aplica a voos nacionais e internacionais, mas neste segundo caso, as máscaras são necessárias somente no embarque no Brasil e no desembarque em território brasileiro.

O serviço de bordo não foi proibido e os passageiros podem retirar as máscaras para comer e beber.

Museu do Ipiranga

Reaberto em setembro, o museu determinou a obrigatoriedade do uso de máscaras dentro de suas instalações. A medida passou a valer em 16 de novembro.

Escolas

Colégios particulares voltaram a recomendar o uso em ambientes fechados. Nas escolas municipais e estaduais, não há novas orientações e permanecem os protocolos sanitários estabelecidos anteriormente.

Ainda assim, a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) recomenda a utilização em ambientes fechados, com aglomeração e no transporte público.

Universidades

Na USP (Universidade de São Paulo), as máscaras voltaram a ser obrigatórias em ambientes fechados desde 16 de novembro. Em ambientes externos, o uso é recomendado em situações de aglomeração.

A Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) tomou a mesma decisão em 11 de novembro.

O comitê científico de contingenciamento do coronavírus sugere que, nos refeitórios, as pausas para alimentação sejam rápidas e sem conversas.

Unidades do Sesc

Desde o último sábado (19), visitantes que estiverem em espaços fechados no Sesc devem usar a proteção. A medida vale para todas as unidades do Sesc São Paulo.

Câmara Municipal de SP

Desde segunda-feira (21), o uso voltou a ser obrigatório para todos que ingressam no Palácio Anchieta, na região central de São Paulo.