Covid-19: município do Rio inicia na segunda-feira aplicação da dose de reforço em crianças a partir de 5 anos

A aplicação da terceira dose de reforço da vacina contra a Covid-19 começa a ser aplicada em crianças entre 5 e 11, a partir da próxima segunda-feira. O anúncio foi feito neste sábado pelo secretário municipal de saúde, Daniel Soranz, em suas redes sociais. Poderão receber a dose extra os que tomaram a segunda dose há mais de quatro meses.

No fim de 2022, o ministério passou a recomendar uma dose de reforço da vacina para crianças entre 5 e 11 anos. A terceira dose da vacinação contra Covid-19 em crianças foi recomendada, inicialmente, apenas aos maiores de 12 anos. No entanto, a nova dose de reforço foi ampliada para crianças de 5 a 11 anos pelo Ministério da Saúde, que recomenda intervalo de pelo menos quatro meses entre as doses.

A nova recomendação da pasta faz parte de uma nota técnica assinada pela coordenação-geral do Programa Nacional de Imunizações (PNI) no dia 30 de dezembro. Atualmente, quase 300 mil crianças ainda não tomaram nenhuma dose da vacina contra o Coronavírus desde que o esquema vacinal começou a ser aplicado, em julho de 2022, com doses da CoronaVac, em crianças de 3 e 4 anos.

Na quinta-feira a prefeitura anunciou que o Ministério da Saúde enviou 300 mil doses da Pfizer para o estado do Rio. Segundo Soranz, 113 mil doses foram destinadas à capital. Com isso, será possível retomar nesta segunda-feira a vacinação de crianças e adultos que estava interrompida.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos