Covid-19: número de casos em Niterói cresce 163% em um mês

O crescimento das infecções pela Covid-19 na cidade na última semana fez aumentar a corrida por testes: o número de exames feitos em Niterói subiu de 2.180 para 4.900, com taxa de positividade de 25%. Em um mês, a quantidade de novos casos da doença cresceu 163%. As internações seguem em baixa, e a prefeitura ampliou a aplicação da quarta dose ou da segunda dose de reforço da vacina para pessoas a partir de 50 anos.

Ponte Rio-Niterói: Multas a caminhões que transitam fora do horário permitido batem recorde

UFF: Barco autônomo e sustentável vai monitorar a Baía de Guanabara em Niterói

De acordo com o levantamento mais recente disponível no sistema do painel epidemiológico da prefeitura, de 29 de maio a 4 de junho foram registrados 458 novos casos de Covid-19 em Niterói. Na semana anterior, entre os dias 22 e 28 de maio, foram 552 casos, mais que o dobro dos 207 registrados nos sete dias anteriores, entre 15 e 21 de maio.

Os dados do painel podem mudar conforme forem consolidados nos próximos dias, o que inclui a confirmação de casos da doença comprovados em testes feitos semanas atrás e que acabaram alterando números anteriores já divulgados. Com isso, a tendência é que os novos registros feitos na última semana divulgada, de 29 de maio a 4 de junho, comprovem a nova escalada do vírus.

O número de internados segue em baixa na rede pública, onde há apenas um adulto em leito de enfermaria. Na rede privada, há seis pacientes internados em UTIs e 11 em leitos clínicos. A média de internações é a mesma há duas semanas. A Secretaria municipal de Saúde diz que segue monitorando o cenário da doença e ressalta que “dentro do quadro de aumento do número de casos não tem sido notado agravamento que resulte em internação ou óbito”. O último óbito registrado foi no mês de março.

Com o crescimento do número de casos, a Universidade Federal Fluminense (UFF) determinou, no último dia 1º, a volta do uso obrigatório de máscaras de proteção respiratória em ambientes fechados em todos os campus da instituição. A UFF diz que tomou a medida baseada em informações da Secretaria estadual de Saúde e que o uso da proteção se mostrou necessário, já que muitos sintomas da Covid-19 podem ser confundidos com os de outras doenças respiratórias, cujos casos aumentam neste período do ano.

Taxa de Imunização

O painel epidemiológico da prefeitura mostra que 71,2% da população a partir de 18 anos está vacinada com o esquema completo (três doses). Para a primeira e a segunda doses, essa mesma população apresenta 100% de cobertura. Considerando a população total, 56,8% já têm o esquema completo (três doses) e 87,4% receberam a segunda dose ou a dose única. Dentre este mesmo grupo, 94,7% receberam a primeira dose ou a dose única.

Mudança viária: Fechamento de retorno na orla de Charitas revolta moradores

Educação: Escola Parceira e contratação de professores estão atrasados em Niterói

Em relação aos adolescentes, a cobertura da segunda dose está em 55,3%; e da primeira, em 87,9%. A primeira dose de reforço (terceira dose) já foi aplicada em 1.310 adolescentes (3,3%). As doses aplicadas em crianças somam um total de 40.970, compreendendo a cobertura de 58,6% para a primeira aplicação e 35,9% para a segunda.

Em seis policlínicas da cidade, a prefeitura está aplicando a quarta dose (segunda dose de reforço) para pessoas a partir de 50 anos com intervalo de quatro meses da terceira dose. Esta última é destinada a pessoas a partir de 12 anos. O município segue em repescagem permanente para aplicação de primeira e segunda doses em pessoas a partir de 5 anos. A vacinação está sendo feita nas policlínicas Sérgio Arouca, no Vital Brazil; Dr. João da Silva Vizella, no Barreto; Regional de Itaipu; Carlos Antônio da Silva, em São Lourenço; Dom Luís Orione, em Piratininga; e Doutor Renato Silva, na Engenhoca. Crianças podem receber a vacina nas unidades Vital Brazil, Itaipu, São Lourenço e Engenhoca.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos